16 de abr de 2009

VIVER


Sim chegou o momento
De sair desta passividade
É um risco… sim eu sei
Voltar a sofrer… não sei
Quero arriscar a viver
Cada dia, cada momento
Libertar do silêncio
Sentimentos, sentires
No tempo guardados
De novo recomeçar
Um novo renascer
Em cada amanhecer
Amar e ser amada
Arriscar é“VIVER”

8 de abr de 2009

Amigos


Sempre fui uma pessoa meiga, sensível, carinhosa em relação a família e amigos, presente nas horas boas ou menos boas, tudo o que faço é de coração numa entrega total, sem pedir ou exigir nada, apenas espero que me tratem da mesma forma, com sinceridade e honestidade.

Existe nesta vida algo que não tolero, mesmo que me digam que foi sem intenção ou medo, prefiro a verdade mesmo doendo pela própria pessoa, que saber por terceiras pessoas, e quando contadas muitas vezes já um pouco destorcidas da própria verdade.

Tento sempre saber os motivos que levaram a tal atitude, não gosto de julgar ninguém, desculpo se assim o entender, mas ficará sempre a decepção, mágoa, onde a confiança terá que ser de novo construída e demonstrada.

Depois de tudo o que já vivi, cada vez me é mais difícil, aceitar determinadas atitudes, existem neste mundo, pessoas capaz das maiores crueldades para atingirem seus fins, sem pensarem que prejudicam e magoam muitas vezes aqueles que chamam de amigos.

Onde anda o valor da amizade????